ILHA DA BERLENGA

Destinos

ILHA DA BERLENGA

Uma reserva natural bem no centro de Portugal

É ao largo de Peniche, na freguesia de São Pedro, que encontramos o granítico arquipélago das Berlengas. Constituído por três ilhéus - Berlenga Grande, Estelas e Farilhões-Forcadas - é até à primeira que rumamos.

A ilha da Berlenga revela-se um paraíso escondido no Atlântico. Por aqui, habitam as famosas gaivotas que todos os dias são visitadas pelas centenas de turistas que desembarcam no pontão, sem a certeza se vão apanhar um dia de sol. O clima na ilha é instável devido à confluência dos climas Mediterrânico e Atlântico, o que faz da Berlenga um ecossistema único no Mundo, com fauna e flora próprias.

ILHA DA BERLENGA ILHA DA BERLENGA

Foi em 1465, numa carta d’el Rei D. Afonso V, que esta ilha se tornava na primeira área protegida de Portugal - “nas Berlengas do mar pessoa alguma vai caçar” e, mais recentemente, em 2011, reconhecida pela UNESCO como reserva da Biosfera.

Vale a pena caminhar desde o pontão de desembarque até ao forte de São João Batista. Começamos a subir e, ao admirarmos o mar, conseguimos ter a perfeita noção de que estamos numa ilha. Ao chegarmos ao ponto mais alto, avistamos o forte, com uma imponência enorme, mas como se flutuasse no mar cristalino, tão caraterístico da Berlenga.

ILHA DA BERLENGA

Chegamos ao forte de São João Batista, que outrora protegia os monges que faziam desta ilha o seu refúgio, acabando por abandoná-la devido à escassez de comida e aos ataques violentos dos piratas que navegavam pelo Atlântico. Daqui, conseguimos ver o mar, de várias perspetivas, e os enormes rochedos que parecem proteger a ilha.

ILHA DA BERLENGA

E finalmente, estamos prontos para um mergulho! Por aqui, profissionais e turistas misturam-se. É fascinante como, já dentro de água, basta tocarmos na flora marinha para vermos milhares de peixes, de todas as cores, a aparecerem, em jeito de National Geographic. Para os que preferem apenas relaxar, podem escolher entre três praias. Pequeninas, mas ótimas para passar um final de tarde.

Foi assim que hoje a GetRide viajou consigo sem sair de casa até à Ilha da Berlenga, reserva natural de imensa beleza e biodiversidade, a visitar pelo menos uma vez na vida. E se ficou com vontade de dar um passeio pela ilha, missão cumprida!

Dicas Get Ride:

  • Reserve o bilhete com, pelo menos, um dia de antecedência;
  • As viagens às grutas, num barco com fundo transparente, valem muito a pena;
  • Se quiser pernoitar, pode fazê-lo na zona de campismo existente na ilha.

Website: https://www.berlengas.org

GPS: 39º 24ºN , 09º 30ºW

07.05.2020