CONSTÂNCIA

Destinos

CONSTÂNCIA

A vila poema

É até ao distrito de Santarém, na província do Ribatejo, que hoje rumamos para mais uma viagem. Onde o Zêzere abraça o Tejo, ergue-se uma pequena vila pela encosta acima, numa espécie de Península, com um aglomerado de pequenas casinhas e uma imponente igreja bem no alto. Chegámos à bonita vila de Constância.
ILHA DA BERLENGA ILHA DA BERLENGA Iniciámos o passeio a percorrer as ruas estreitas e pitorescas da vila e não tardou para começarmos a descobrir recantos, arcos góticos, estreitas escadarias e pequenos terraços entre as casas caiadas de branco. De todas as ruas, vemos ao fundo o verde da colina que rodeia Constância e que nos acompanha em todo o percurso.

Há que parar em cada esplanada, ouvir cada história que os locais têm para contar, descansar em cada sombra. Só assim é possível sentirmos a genuinidade e paz que esta vila tem para oferecer. As caminhadas ao longo das margens do rio transmitem-nos, também elas, uma serenidade e tranquilidade inexplicáveis.

Por estas terras, conta-se ter vivido o poeta dos poetas – Luís Vaz de Camões. Constância era o seu refúgio de eleição, onde esteve em exílio, tanto amoroso, como poético e também judicial. ILHA DA BERLENGA ILHA DA BERLENGA Os locais, convictos, afirmam que terá sido por aqui que, em tempos, colhera inspiração para escrever as suas obras.

Como ele, muitos foram os poetas que escolheram esta terra para viver, entre eles Fernando O’neill. Constância começaria assim a ser apelidada de “Vila poema”, uma das curiosidades que descobrimos na Casa-Memória Camões, bem no centro da vila.

ILHA DA BERLENGA Hoje sede de concelho, terá sido elevada a vila em 1571 pelo rei D. Sebastião, com uma economia centrada no rio ali tão perto - no transporte fluvial e na reparação naval, na travessia e na pesca. É de visita ao Museu dos Rios e das Artes Marítimas que ficamos a perceber a história do município, compreendendo os ofícios que marcaram o crescimento e transformação deste território autónomo.

Nas ruas, esta importância é notória. Ao caminhar, vamos vendo no chão preto, pequenos barcos brancos que nos guiam até ao final deste passeio. E, por fim, chegámos à carrinha Get Ride. Não com tantos passageiros quantos desejaríamos, mas com a vontade de que pouco falte para que possamos viajar todos juntos.

Dicas Get Ride:

  • Para os mais aventureiros, a canoagem pelo rio é uma das ofertas desta vila;
  • Pela altura da Páscoa decorre a famosa festa da Nossa Senhora da Boa Viagem;
  • Não deixe de visitar o Castelo de Almourol, ali bem pertinho, a 5km.

Website: http://www.cm-constancia.pt/index.php/pt/visitar/posto-de-turismo

GPS: 39.475802N , -8.338935W

14.05.2020