Belver

Destinos

Belver

A única vila alentejana acima do Rio Tejo.

É no Alto Alentejo, na margem direita do Rio Tejo, no concelho do Gavião, que encontramos a freguesia de Belver. Esta é a única localidade alentejana acima do rio e as suas encostas proporcionam uma vista digna de romance, enquadrado pela natureza e património, não só natural, mas também histórico, onde nos salta logo à vista o castelo da vila.

Belver

Começamos o passeio por Belver e vamo-nos apercebendo do silêncio, da natureza, dos recantos e monumentos. Na povoação, as casas de dois andares alinham-se pelas ruas, num branco imaculado, ou não estivéssemos nós no Alentejo. Por calçadas de seixo, sinuosas e inclinadas, sentimos a atmosfera medieval mourisca. A história de Belver está inegavelmente ligada à conquista do território, razão pela qual ali se construiu um Castelo como torre de menagem.

Belver

Outrora um dos três pontos de vigia portugueses, juntamente com os castelos da Amieira e de Almourol, o Castelo de Belver, o primeiro castelo edificado pelos Hospitalários, teve funções importantes na reconquista, desde a sua fundação no século XII. Apesar do ar tosco, está carregado de história. Por ali, terão passado a princesa Santa Joana, irmã de D. João II, ou o poeta Luís Vaz de Camões, no seu exílio em 1546. Ao longo do tempo, a fortificação foi perdendo relevância e funciona hoje como um magnífico miradouro. Daqui, vemos a outra margem do rio, com a praia fluvial do Alamal mesmo à nossa frente.

Belver
Belver

Com bastante afluência durante os meses mais quentes, pela praia há quem opte pelas tardes em família com piqueniques e banhos à mistura, ou quem escolha ir à descoberta pelos renovados passadiços do Alamal, passeio com cerca de 4km, ida e volta, perfeito para uma escapadinha na natureza.

Belver

O percurso é rico no que respeita à fauna e flora que vamos encontrando. Entre patos e cegonhas, sobreiros e videiras, vamos descansando nas sombras até chegarmos à ponte de Belver, ponto onde termina o passadiço. Voltamos para trás rejuvenescidos, entre as tranquilas águas do Tejo e as altas colinas graníticas da região, e regressamos à praia. Damos um mergulho no rio, e estamos prontos para regressar a casa, com as baterias recarregadas.

Belver oferece-nos paz de espírito e tranquilidade, em comunhão com a história e tradição da terra. É por todas estas razões que a GET Ride deixa o convite! Pegue na mochila e leve a família à descoberta por terras alentejanas.

Dicas Get Ride:

  • Não deixe de provar os pratos típicos da região – desde peixe do rio, alheira frita, o famoso bucho recheado, entre tantos outros, a oferta é muita;
  • Perca-se na paisagem do Miradouro do Outeirinho;
  • Dê um saltinho ao Gavião, mesmo ali ao lado, e visite o Museu do Sabão, um dos quatro existentes na Europa, e o Núcleo Museológico das Mantas e Tapeçarias.

Website: http://www.cm-gaviao.pt/pt/turismo/concelho/belver

GPS: 39° 29' 45.60”N , -7° 57' 25.20"W

28.05.2020